O que os funcionários acham de trabalhar em empresas familiares?

Na semana passada fiz alguns comentários sobre o que os funcionários pensam sobre trabalhar em empresas familiares e queria continuar com esse assunto, principalmente porque recebi alguns emails falando sobre as muitas desvantagens ….

De fato não podemos negar que em muitas empresas familiares, os filhos (ou qualquer membro da família dona da empresa) podem usufruir de uma série de privilégios e benefícios, simplesmente por serem membros da família; Os seus salários também podem não ser coerentes com a atuação ou responsabilidade.

Conheço histórias como a do filho do dono que foi promovido quando casou, quando nasceu o 1o filho, quando nasceu o 2o filho … a promoção não estava diretamente relacionada com a competência e qualificação mas com o aumento das despesas em casa!

mas essas são situações típicas de empresas que estão a serviço da familia e que, de acordo com muitas pesquisas, é um dificuldador do crescimento e longevidade do negócio.

Muitos funcionários falam, com orgulho, do clima familiar, do relacionamento que existe entre os funcionários e entre eles e do dono da empresa sobretudo nas empresas familiares. Quem já trabalhou em empresas familiares e outras não familiares ressalta a informalidade e a cordialidade das empresas que são controladas por uma família.

E para quem pensa que trabalhar em uma empresa familiar pode significar um pequeno crescimento profissional, isso pode ser verdade em alguns casos mas, para a minha surpresa, conheci várias pessoas que destacam a possibilidade de crescimento em uma empresa familiar!

A proximidade com o dono é uma característica das empresas familiares e, apesar de as vezes ser muito difícil implementar uma idéia nova, quando o funcionário consegue aprovar e implementar uma idéia que dá certo, o reconhecimento é imediato.

Talvez tudo isso seja típico de uma empresa de pequeno ou médio porte mas, os funcionários relacionam essa possibilidade de ser reconhecido pelo seu trabalho e de crescer profissionalmente , com a proximidade com o dono da empresa.

0 comentários

Faça um comentário

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *