A relação entre empreendedorismo e família

No post anterior falei sobre o empreendedor por necessidade e o empreendedor por oportunidade, hoje vou mostrar algumas relações entre empreendedorismo e família, ainda segundo os dados do GEM – Global Entrepreneurship Monitor.

O Brasil é um país com alta taxa de empreendedorismo e, geralmente, o investimento inicial necessário para o empreendimento vem da família. De acordo com o GEM, 62% das pessoas pede dinheiro emprestado da família, apenas 10% recorre ao crédito bancário.

Talvez essa seja a razão pela qual muitas empresas já começam como uma sociedade entre familiares em que um entra com a idéia, o outro entra com o capital … é apenas uma hipótese!

Outro dado que relaciona a família ao empreendedorismo é a motivação das mulheres para empreender. As mulheres brasileiras estão em 4o lugar do ranking mundial; E o relatório ressalta que ajudar nas despesas de casa é a motivação inicial de 60% das mulheres empreendedoras brasileiras.

Em outras pesquisas já foi constatado que as mulheres empreendem, sobretudo, antes da maternidade ou quando as crianças já são maiores, na faixa dos 6 anos quando estão um pouco mais independentes das mães. Algumas empreendedoras, numa tentativa de resolver a distância que as separa da sua família, por trabalharem fora, convidam os familiares para trabalharem com elas – outra justificativa para o enorme número de empresas familiares.

Quem quiser mais informações sobre o GEM pode entrar no site www.gembrasil.org.br

0 comentários

Faça um comentário

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *