Os desafios de se trabalhar em uma empresa familiar

A edição de domingo – 06/03/2011 do caderno Boa Chance do Jornal O Globo – trouxe uma matéria sobre o perfil do profissional que pretende trabalhar em uma empresa familiar – Os desafios de se trabalhar em uma empresa que é a cara do dono.

Tendo em vista que quase 90% das empresas brasileiras são familiares, as chances de você vir a trabalhar em uma empresa familiar são grandes. Os desafios são vários e estão diretamente relacionados com o nível de profissionalização da empresa.

As empresas familiares que estão na 1ª geração – ou seja, na geração do fundador, tendem a ser muito informais e podem apresentar maiores dificuldades. Trabalhar diretamente com o dono da empresa também tem os seus prós e os contras. Alguns funcionários falam, com orgulho, sobre as conquistas que tiveram com essa proximidade; outros reclamam – e muito – da falta de autonomia e da impossibilidade de criar e inovar no trabalho.

Se você é funcionário ou candidato a uma vaga em uma empresa familiar, não deixe de ler a lista das vantagens e desvantagens de trabalhar em uma empresa familiar que será publicada no próximo comentário.

Se você é um empresário – possui uma empresa familiar – tente refletir sobre o seu modelo de gestão. Seus funcionários têm autonomia e podem inovar no trabalho? Quais são os desafios que eles enfrentam por trabalharem na sua empresa?

Quem quiser ler a matéria que saiu no Jornal O Globo pode acessar o link:  http://oglobo.globo.com/economia/boachance/mat/2011/03/06/os-desafios-de-se-trabalhar-numa-empresa-que-a-cara-do-dono-923951616.asp

 

1 responder
  1. Guilherme Castro
    Guilherme Castro says:

    Li a matéria e achei muito interessante. Sou administrador e sócio de uma empresa familiar, e vejo claramente como participo de muitas reuniões e decisões, envolvendo desde o depto de recursos humanos até o marketing por exemplo. Um dos desafios que estou trabalhando neste momento vem de encontro com o artigo citado. Neste momento, tento deixar mais a vontade a criação e gestão por parte dos funcionários e dessa forma a “cara” do dono tende a ser alterada e ajustada ao longo do tempo. Acredito que esta mudança faz parte do crescimento da empresa e com essa nova filosofia de trabalho, acredito que a empresa colherá bons frutos no futuro!

    Responder

Faça um comentário

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *